Diferença entre Conjunções Coordenativas e Subordinativas

Se você estuda para a PRF e sofre para aprender sobre as Conjunções Coordenativas e Subordinativas, saiba que você não está só.

Para quem está começando a estudar Língua Portuguesa, entender orações e conjunções pode parecer um verdadeiro martírio.

Muitos estudantes têm dificuldade neste assunto. Inclusive eu também faço parte dessa estatística.

Eu só aprendi graças a um excelente professor que tive durante a minha preparação para o Concurso da EEAr, a Escola de Especialistas de Aeronáutica, a Academia onde se formam os Sargentos da Força Aérea.

Para te ajudar a entender um pouco melhor as Conjunções eu preparei este material com muito carinho.

Portanto continue comigo até o final.

O que é conjunção?

Conjunção é uma palavra invariável que tem a função de conectar duas orações ou termos que possuem a mesma função sintática.

A união de duas ou mais palavras que exerçam a função de uma conjunção recebe o nome de locução conjuntiva.

As conjunções podem ser subdivididas em conjunções subordinativas, que são as que conectam duas orações, onde uma delas serve para completar o sentido da outra e conjunções coordenativas, que conectam elementos independentes entre si, ou seja, orações ou termos de mesma função gramatical e sentido completo.

Conjunções Coordenativas

As Conjunções Coordenativas, também chamadas de Conjunções Coordenadas, conectam orações coordenadas, que são aquelas que não dependem sintaticamente umas das outras, além de conectarem termos que possuem a mesma função gramatical.

Tabela com conjunções coordenativas

Tipos de conjunções coordenativasExemplos de conjunções coordenativasExemplos de frases
Aditivas
(expressam adição)
e
nem
também
bem como
não só…mas também
Eu vi o Pedro na praia e conversei com ele.
Adversativas
(expressam oposição)
mas
porém
contudo
todavia
entretanto
no entanto
não obstante
Meu irmão aceitou o novo emprego, mas não está satisfeito.
Alternativas
(expressam alternância)
ou
ou…ou
já…já
ora…ora
quer…quer
seja…seja
Você vai direta para o seu trabalho ou você vai a sua casa antes?
Conclusivas
(expressam conclusão)
logo
pois
portanto
assim
por isso
por consequência
por conseguinte
O diretor não concorda com a votação, então não se vai envolver no processo.
Explicativas
(expressam explicação)
que
porque
porquanto
pois
isto é
Saí de forma apressada, porque não o queria encontrar.

Conjunções Subordinativas

As conjunções subordinativas são os termos que ligam duas orações sintaticamente dependentes.

É o contexto da frase o que determina o tipo de relação estabelecida pela conjunção. As conjunções não desempenham função sintática na oração e são ligadas somente pelos conectivos.

As conjunções subordinativas dividem-se em: causais, concessivas, condicionais, comparativas, finais, proporcionais, temporais, comparativas, consecutivas e integrantes.

Tabela com conjunções subordinativas

Tipos de conjunções subordinativasExemplos de conjunções subordinativasExemplos de frases
Integrantes
(introduzem orações substantivas)
que
se
como
Espero que ela tenha sucesso no trabalho.
Adverbiais causais
(expressam causa)
porque
que
porquanto
visto que
uma vez que
já que
pois que
como
A aluna tirou uma péssima nota porque não estudou para a prova.
Adverbiais consecutivas
(expressam consequência)
que
tanto que
tão que
tal que
tamanho que
de forma que
de modo que
de sorte que
de tal forma que
A mãe gritou tão alto, que assustou os filhos.
Adverbiais finais
(expressam finalidade)
a fim de que
para que
que
Fiz um esforço para que não houvesse falhas nos pagamentos.
Adverbiais temporais
(expressam tempo)
quando
enquanto
agora que
logo que
desde que
assim que
tanto que
apenas
Desde que parei de fumar, estou mais nervosa e agitada.
Adverbiais condicionais
(expressam condição)
e
caso
desde
salvo se
desde que
exceto se
contando que
Se você vier comigo, ficarei muito grata.
Adverbiais concessivas
(expressam contraste)
embora
conquanto
ainda que
mesmo que
se bem que
posto que
Embora ele estivesse atrasado, parou para conversar com o porteiro.
Adverbiais comparativas
(expressam comparação)
como
assim como
tal
qual
tanto como
Eu não gosto de física, como não gosto de química.
Adverbiais conformativas
(expressam conformidade)
conforme
como
consoante
segundo
Os pedidos serão atendidos conforme a ordem de chegada.
Adverbiais proporcionais
(expressam proporcionalidade)
à proporção que
à medida que
ao passo que
quanto mais…mais
Quanto mais faço dieta, mais fome eu tenho!

Conjunções Coordenativas e Subordinativas: Exercícios com Gabarito

Uma das melhores maneiras de aprender qualquer assunto para a prova da PRF, e não só conjunções, é através da resolução de exercícios.

Você pode fazer isso de várias maneiras, mas a melhor maneira que existe hoje é através de uma ferramenta que te proporcione escolher os assuntos das questões, corrigir suas respostas e ter comentários sobre cada uma das questões.

Dessa forma, você consegue saber a razão pela qual errou determinada questão e, assim, eliminar o problema na causa.

A ferramenta que eu recomendo é o QConcursos, justamente por oferecer tudo o que você precisa para levar a sua preparação para o próximo nível e conquistar a sua aprovação com mais facilidade.

Clique na Imagem Abaixo e Conheça a Ferramenta

Conjunções Coordenativas e Subordinativas

Diferença entre Conjunções Coordenativas e Subordinativas

Antes de falarmos sobre a diferença entre Conjunções Coordenativas e Subordinativas, vamos reforçar o conceito de Conjunção:

Uma Conjunção é uma palavra que tem como função de conectar duas orações ou elementos de uma mesma oração.

As conjunções podem ser classificadas da seguinte maneira:

a) Coordenativas: são as conjunções que realizam uma conexão entre orações independentes. Elas são subdivididas em: Aditivas, Alternativas, Adversativas, Explicativas ou Conclusivas.

b) Subordinativas: são conjunções que conectam orações dependentes entre si. Elas são subdivididas em Comparativa, Causal, Conformativa, Condicional, Concessiva, Final, Proporcional, Temporal, Consecutiva e Integrante.

Seu sonho 😍 é entrar na PRF🚓 então baixe o meu COMO EXCLUSIVO DE INÍCIO RÁPIDO, e comece a estudar da maneira correta para ser aprovado no Concurso da PRF.

  • Cronograma de Estudos: Aprenda a Montar Na Prática
  • Análise do Último Edital: Detalhes do Último Concurso da PRF
  • Edital Verticalizado: Todos Os Assuntos Organizados Em Uma Planilha
  • Kit de Planejamento dos Estudos: Organize A Sua Rotina
  • Grupo VIP no Telegram!

Basta clicar na imagem abaixo.

E aí, gostou desse artigo?

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com os seus amigos nas suas redes sociais.

Até a próxima