Música Para Estudar

Você sabia que é possível aumentar a sua produtividade usando música para estudar?

As músicas podem ser grandes aliadas nos momentos em que você precisa ter mais concentração e manter o foco nos estudos.

Ouvir música enquanto estuda pode ajudar a absorver melhor as informações. 

Mas você precisa tomar alguns cuidados, afinal escolher a trilha sonora errada pode causar justamente o efeito contrário e tirar toda a sua concentração nos estudos.

Enquanto escrevia esse artigo, eu fiz algumas pesquisas na internet e achei diversos estudos que buscavam comprovar a eficácia do uso dessa estratégia.

Por exemplo, um estudo realizado pela Universidade de Caen, na França, comprovou os benefícios de ouvir música instrumental durante os estudos. Foi comprovado que os estudantes aumentaram o seu nível de atenção enquanto estudavam ouvindo música.

Benefícios de estudar ouvindo música

Benefícios de estudar ouvindo música

Se você fizer uma coletânea correta de música para estudar, com uma trilha sonora adequada, é possível aumentar efetivamente a sua concentração e o seu foco nos estudos.

Além desses benefícios, a música ajuda a relaxar e a diminuir o seu nível de estresse devido aos prazos das metas, além do nível de dificuldade das matérias e de todos os fatores complicadores que envolvem a fase de preparação para uma prova de concurso. 

Mas, para que essa estratégia funcione adequadamente, é importante que você deixe montada uma playlist para os momentos em que necessite de mais concentração.

Pois, se você tiver que ficar o tempo inteiro escolhendo as músicas e passando as faixas até encontrar uma boa trilha sonora, isso será um fator de distração e pode até atrapalhar os seus estudos.

Ouvindo Música Clássica Para Estudar

Música Clássica Para Estudar

A música clássica é um dos meus estilos musicais preferidos. A energia que esse estilo musical emprega em seus ouvintes é algo fora do normal.

Eu sei que a maioria das pessoas nunca ouviu música clássica. E tudo bem.

Mas eu quero que você entenda que esse estilo de música ajuda a também ajuda a relaxar e diminuir a ansiedade por causa dos estudos.

Após uma pesquisa realizada pela organização britânica Mindlab, foi constatado que a música clássica causa estímulos que aumentam a memorização e a fixação do conteúdo na memória, se for ouvida durante os estudos.

Já um estudo realizado pela Universidade de Caen, na França, apontou que ouvir música clássica estudando ciências exatas, matemática ou qualquer outra disciplina que envolva cálculos, aumentou em cerca de 12% os níveis de concentração em relação aos alunos que não ouviram música durante os estudos.

LEIA TAMBÉM  Dicas para estudar à noite sem cair no sono

O estudo apontou que as músicas clássicas barrocas, compostas por Bach, Handel, Vivaldi, Mozart e Beethoven, são as mais indicadas para se manter o ritmo de estudos por mais tempo e melhorar a retenção das informações aprendidas.

SUGESTÕES DE MÚSICA CLÁSSICA PARA OUVIR DURANTE OS ESTUDOS

Se você quiser fazer um teste para verificar o seu desempenho ao estudar ouvindo música clássica, eu separei algumas opções bem interessantes para você.

Eu recomendo que você faça essa experiência e verifique o que acontece com a sua concentração e com a sua memorização.

É interessante que você monte uma playlist na sua plataforma preferida, que pode ser o youtube, o Spotify ou Deezer, usando o seu telefone celular ou computador.

Confira a lista de músicas recomendadas:

  • Beethoven, o Concerto para Violino e Orquestra em D Major, Op 61
  • Tchaikovsky, o Concerto No. 1 em B bemol menor para Piano e Orquestra
  • Mozart, Concerto para Violino e Orquestra, Concerto No. 7 in D major
  • Haydn, Sinfonia Nº 67 em Fá Maior; Symphony No.69 em B. Maior
  • Beethoven, Concerto No. 5 em Mi bemol maior para piano e orquestra, Op. 73 (“Imperador”)
  • Corelli, Concerti Grossi, Op. 6, N ° 2, 8, 5, 9.
  • Handel, The Water Music.
  • JS Bach, Fantasia em Sol maior, Fantasia in C Minor e Trio in D minor; – As variações canônicas e Toccata.
  • Corelli, Concerti Grossi, Op. 4, N ° 10, 11, 12
  • Vivaldi, Cinco Concertos para Flauta e Orquestra de Câmara.

Vantagens da Música Relaxante Para Estudar

Não sei se existe um estilo de música relaxante de fato.

Mas esse estilo musical é capaz de reduzir os níveis de estresse e ansiedade em incríveis  65%, tornando-se equiparado ao efeito de um calmante ou de um tranquilizante?

O estilo musical “Weightlesse”, pertencente ao grupo Marconi Union, foi composto a partir de esforços conjuntos de neurologistas e terapeutas com o objetivo de ser uma música relaxante.

O ritmo da canção foi fixado em exatas 60 batidas por minuto (BPM), reduzindo a frequência cardíaca ao mesmo nível das ondas do cérebro, aliviando a tensão e a ansiedade.

LEIA TAMBÉM  Vício em Celular: Conheça os Riscos e Saiba Como Combater

A eficiência das terapias musicais são tão promissoras que profissionais capacitados costumam utilizá-las para auxiliar no tratamento de doenças e redução do estresse.

Essas pesquisas vão ainda mais longe. 

Recentemente, a Universidade de Nevada publicou um artigo demonstrando que um ritmo musical mais cadenciado possui efeito relaxante na mente e nos músculos, causando uma sensação de alívio e liberando o estresse.

Experimente outros sons, como os da natureza, misturados em músicas leves que costumam agradar o cérebro, como jazz e bossa nova.

Um Alerta Importante

Mesmo que a música tenha um efeito semelhante no cérebro da maioria das pessoas durante os estudos, o fato é que essa estratégia pode não funcionar para todas as pessoas.

Na verdade, podemos obter exatamente o efeito contrário: Irritabilidade e Distração.

Você viu que uma música suave com uma melodia adequada pode ser reconfortante e inspiradora, mas você deve fazer alguns testes e observar se funciona bem para você.

Música Instrumental Para Estudar

Música Instrumental Para Estudar

As músicas sem letra colaboram para que os dois hemisférios do cérebro trabalhem ao mesmo tempo, fazendo com que a memória fique “livre” para receber e reter informações — diferentemente da música letrada, em que o cérebro vai reservar parte de sua atividade para entender a letra, você querendo ou não.

Um detalhe pode mudar o resultado dos estudos diários. Isso porque a concentração está diretamente ligada à qualidade do aprendizado.

Não é à toa que pesquisadores se dedicam à busca por maneiras de melhorar o foco nos estudos.

Entre essas pesquisas, encontramos algumas que falam sobre a música como uma ajuda eficiente.

A música clássica, por exemplo, quase sempre é citada como um meio de aumentar a percepção e a capacidade da memória do estudante.

Acostumados com a agitação do dia a dia, com os barulhos da rua, de carros, de obras e do cachorro latindo, manter o foco em meio ao silêncio pode ser bastante difícil.

Por isso, precisamos encontrar um jeito de ocupar nossos ouvidos com algo que ajude na concentração.

Mesmo quando você encontra um lugar calmo, com pouco barulho externo, nem sempre o local onde acontecem as provas e outras atividades avaliativas é silencioso.

Isso é importante de ser considerado, pois os ruídos tendem a incomodar menos quem está acostumado a estudar com música.

LEIA TAMBÉM  8 técnicas de memorização para ajudar no estudo para concursos

Mitos e Verdades: Música Para Estudar E Memorizar Funciona?

Muitos especialistas em aprendizagem, cientistas e estudiosos da área recomendam o uso da música para estudar. Isso é fato.

E o fato é que muitos estudantes usam a música para auxiliar os estudos.

Mas, afinal, a tem a sua eficácia realmente comprovada nos estudos?

Até mesmo eu sempre afirmo que o silêncio é primordial para se concentrar e facilitar o aprendizado.

Todo fato científico é baseado em testes e experimentos.

E a realidade é que você precisa verificar se usar a música vai funcionar bem para você. 

Não existe resposta exata.

Como nós já conversamos, usar a música para estudar e memorizar costuma funcionar muito bem na maioria dos casos.

Alguns estudos mostram que a ausência do ruído nem sempre melhora o foco.

Convenhamos, a maioria dos estilos musicais adequados estão longe de serem comparados a um simples ruído.

Polêmica: É possível Usar Música Eletrônica Para Estudar?

Eu sei, o artigo está grande… E eu te agradeço imensamente pela paciência de ter chegado até aqui… Está quase acabando.

Eu quis abordar o tema da Música nos estudos de uma forma completa, como não encontrei em nenhum site ou Blog. 

Quero que você saia daqui sem dúvidas.

Agora vamos falar sobre a música eletrônica para estudar e fechar logo esse capítulo.

Falando em música, a maioria das pessoas costuma ouvir um rock de leve ou música pop agradável enquanto estudam.

Esse tipo de música é muito boa para diversão e balada, mas para a concentração elas não funcionam muito bem.

Imagine, bem no meio do raciocínio de um cálculo complexo e começa o refrão da sua música preferida, ou aquele solo de guitarra monstro.

Pronto… Acabou a concentração nos estudos.

As músicas afetam seu modo de atenção mais do que você imagina.

Depois de analisar os diferentes fatores musicais que podem alavancar a produtividade nos estudos, cientistas descobriram que alguns gêneros da música eletrônica possuem os traços desejados.

Ritmos que oferecem um panorama sonoro consistente, leve e com ausência de letras, podem melhorar o desempenho em atividades que exijam mais atenção e concentração.

Seu sonho 😍 é entrar na PRF🚓 então baixe o meu COMO EXCLUSIVO DE INÍCIO RÁPIDO, e comece a estudar da maneira correta para ser aprovado no Concurso da PRF.

  • Cronograma de Estudos: Aprenda a Montar Na Prática
  • Análise do Último Edital: Detalhes do Último Concurso da PRF
  • Edital Verticalizado: Todos Os Assuntos Organizados Em Uma Planilha
  • Kit de Planejamento dos Estudos: Organize A Sua Rotina
  • Grupo VIP no Telegram!

Basta clicar na imagem abaixo.

E aí, gostou desse artigo?

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com os seus amigos nas suas redes sociais.

Até a próxima