Estudar à noite sem cair no sono

Chegar em casa cansado e ainda ter milhões de matérias para estudar é algo que faz parte da rotina da maioria dos concurseiros!

Estudar à noite sem cair no sono pode ser um desafio, ainda mais se esse for o único horário disponível para você realizar os seus estudos. Mas é justamente para te ajudar a encará-lo que estamos aqui!

Se você já tem algumas boas táticas para estudar à noite, com certeza temos algumas surpresas para os seus estudos renderem ainda mais!

Se está pensando em começar a adotar esse hábito, nosso post de hoje também foi feito pra você. Preparado para descobrir como? Acompanhe!

Prepare o seu material de estudo com antecedência

Preparar tudo o que você precisa logo antes de estudar vai roubar um tempo valioso na hora de começar.

Para agilizar esse processo, prepare com antecedência o que você pretende estudar naquela noite — uma boa dica é preparar no domingo tudo o que você estudará ao longo da semana.

Assim, ao chegar em casa ou começar os seus estudos a noite, o material já estará separado e organizado, pronto para a ação!

Organize suas marcações e faça resumos dinâmicos

Ter um bom rendimento nos estudos é muito importante e, para isso, você precisa ser direto!

Na hora de estudar, faça resumos dinâmicos da matéria, utilizando apenas o que realmente importa.

Assim, você não perde tempo com conteúdo que não é tão importante e faz com que seu tempo de estudo renda muito mais.

Além disso, organize suas marcações com canetas de cores diferentes, adesivos e marcadores. Tudo isso vai facilitar a sua vida na hora de revisar a matéria no dia seguinte ou procurar por algum conteúdo específico.

Crie um planejamento de estudos

O quê você vai estudar e quando? Planejar o conteúdo a ser estudado é uma maneira de manter a organização e o rendimento na hora de abrir os livros e colocar a mão na massa.

Crie um planejamento de acordo com os horários que você tem disponíveis, considerando boas horas de sono e organizando o material de acordo com cada dia de estudo — se lembra da dica de separar os materiais aos domingos?

Não passe das onze da noite!

Não adianta nada você estudar cansado demais, pois o estudo não vai render e o seu esforço será em vão.

LEIA TAMBÉM  14 dicas valiosas para manter o foco antes da prova

O ideal é parar de estudar entre 22 e 23 horas pois, depois desse horário, o seu corpo tende a iniciar o processo de sono, o que quer dizer que você vai estudar meio sonolentos se estudar madrugada a dentro.

Então, largue essa caneca de café e já para a cama!

Faça pausas regulares de 10 a 15 minutos

Estudar direto, sem parar, não é bom para a saúde e nem para você passar em um concurso.

De tempos em tempos, é preciso dar uma pausa para o cérebro descansar, assim, é possível manter a concentração e o foco na hora dos estudos.

Pausas de 10 ou 15 minutos são o ideal e, se possível, tire até um cochilo durante esse intervalo.

Aproveite para se levantar, se alongar e esticar as pernas, o que também ajuda a manter o pique.

Crie blocos de 50 minutos de estudo

Depois de um tempo, a sua atenção já não é mais a mesma e o seu estudo não rende tão bem.

Tente criar blocos de estudo que durem, no máximo, 50 minutos e sejam seguidos de uma pausa. Quanto mais cedo você começar, mais blocos poderá fazer.

Mas não se esqueça de não passar das 23 horas e sempre descansar entre os blocos de estudo.

Mantenha o ambiente bem iluminado

Manter as luzes acesas e o ambiente iluminado é bom para que você continue em alerta.

A claridade indica para o cérebro que ainda não é hora de dormir e o mantém ativo e desperto.

Luminárias de mesa são uma boa alternativa para isso, assim como lâmpadas claras.

Quando escolher o seu período de estudo, mantenha a rotina!

Estudar todos os dias no mesmo horário pode ser difícil, mas depois de escolher esse período, mantenha a rotina!

A constância do período de estudos é boa para o corpo, pois ele se acostuma com o horário e já se prepara para ter o melhor rendimento para essa tarefa.

Se você variar os horários e não mostrar para o seu relógio biológico que ele precisa estar desperto nesse período de tempo, será difícil se acostumar.

Não use estimulantes

A tentação de usar remédios estimulantes é muito grande, mas não caia nessa!

LEIA TAMBÉM  Os 12 inimigos da preparação para concursos (e como enfrentá-los)

Esse tipo de medicação é prejudicial para o seu corpo, além de inibir o sono natural, fazendo com que você se sinta ainda mais cansado no dia seguinte.

Isso significa que, por mais que você tenha o conteúdo na ponta da língua, o cansaço vai te impedir de pensar com clareza e o seu rendimento vai ficar bem abaixo do esperado.

Durma pelo menos 6 horas por dia

O sono é uma parte importante do estudo, pois ele garante que o seu corpo estará descansado o suficiente para estudar bem e absorver o conteúdo.

Para muitos concurseiros, se privar do sono é uma opção comum. Virar noites estudando é, na verdade, uma péssima ideia!

Além dos malefícios para a saúde, todo o conteúdo que você revisou o estudou naquela noite não ficará gravado com clareza na sua cabeça.

O cansaço desestimula a concentração do cérebro e você não assimila o que foi estudado como deveria. Basicamente, seus estudos vão por água a baixo…

Dormir menos de 6 horas por dia também é prejudicial para a sua saúde, podendo causar problemas graves e prejudicando o seu rendimento nos estudos.

É durante o sono profundo que as informações adquiridas ao longo do dia são armazenadas na “memória de longo prazo”, então é melhor não negligenciar o seu sono.

Se for ingerir cafeína, faça isso no começo dos estudos

Como já falamos, as substâncias estimulantes desregulam o organismo e impedem o sono natural.

A cafeína é um dos principais estimulantes ingeridos pelos concurseiros, muito consumida no café e em bebidas energéticas.

Se for ingerir substâncias que possuem cafeína, faça isso no começo dos estudos, assim, o seu corpo terá tempo o suficiente para processar as substâncias e o seu sono não será influenciado.

E lembre-se: nada de estimulantes artificiais! Não force o seu corpo mais que o necessário.

Tente não forçar o sono

Se estiver com dificuldades para dormir, não tente forçar o sono rolando na cama de um lado para o outro.

O sono natural é o que mais descansa e é importante para que os seus estudos gerem bons resultados.

Caso tenha dificuldades, tente fazer uma leitura leve ou escutar alguma música calma em volume bem baixo para induzir o sono. Música clássica funciona muito bem para isso!

Insira exercícios físicos na sua rotina

Atividades físicas ajudam a regular o seu organismo e garantir o bom funcionamento do seu corpo. Além disso, é um excelente estimulante para o sono, já que o corpo precisa descansar para se recuperar das atividades físicas executadas.

LEIA TAMBÉM  Tudo que você precisa saber sobre as provas do CESPE (CEBRASPE)

Tente realizá-las pelo menos duas vezes por semana, de forma regular e com o acompanhamento de um profissional.

Use bem os finais de semana

Para os concurseiros, finais de semana são muito valiosos. Durante o sábado e domingo, você pode aumentar a carga horária de estudos e revisar ou passar por mais conteúdos.

Esse é mais um motivo para você não forçar durante a semana!

Na hora de planejar a sua rotina de estudos, separe materiais e matérias mais extensas para os finais de semana, e deixe para as noites da semana matérias que você pode estudar do começo ao fim (ou pelo menos grande parte dela).

Comece aos poucos

Começar a todo vapor, estudando várias horas durante a noite não é uma boa ideia! O seu corpo ainda não está acostumado com esse horário de estudo e vai resistir a ele. Comece com poucas horas de estudo e vá aumentando aos poucos.

Assim, você dá a oportunidade para o seu corpo se acostumar com essa rotina e você também se acostuma com o volume de estudos.

Aos poucos, aumente as horas e estude por mais tempo, sempre criando blocos de no máximo 50 minutos e fazendo pausas entre esses blocos. Com o tempo, o seu corpo vai acostumar com esse horário e os seus estudos vão render muito mais!

Estudar de noite pode ser um desafio para muitos concurseiros. O impulso de estudar madrugada a dentro, por noites a fio, é bem grande, mas isso não garante nenhum resultado. Na verdade, mais atrapalha do que ajuda!

Descansar é importante para o corpo e também para assimilar e memorizar as informações e o conteúdo que você estudou nesse dia.

Planeje os seus estudos, organize as matérias e procure descansar bem, tanto na hora de dormir, quanto durante os períodos de estudo. Se alimente bem, faça exercícios e boa sorte!

E você, costuma estudar à noite? Tem dificuldades nessa tarefa? Use o espaço para comentários para deixar suas dúvidas, sugestões e experiências. Queremos saber a sua opinião!

Seu sonho 😍 é entrar na PRF🚓 então baixe o meu COMO EXCLUSIVO DE INÍCIO RÁPIDO, e comece a estudar da maneira correta para ser aprovado no Concurso da PRF.

  • Cronograma de Estudos: Aprenda a Montar Na Prática
  • Análise do Último Edital: Detalhes do Último Concurso da PRF
  • Edital Verticalizado: Todos Os Assuntos Organizados Em Uma Planilha
  • Kit de Planejamento dos Estudos: Organize A Sua Rotina
  • Grupo VIP no Telegram!

Basta clicar na imagem abaixo.

E aí, gostou desse artigo?

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com os seus amigos nas suas redes sociais.

Até a próxima