fbpx
A NOTA DE ESCLARECIMENTO DO PRF ANÔNIMO À SOCIEDADE

Culpados ou Inocentes: Uma reflexão sobre o envolvendo a PRF em Sergipe

Olá, aqui é o Pablo, seja bem-vindo a mais um artigo aqui do nosso blog.

Como sempre é um prazer ter você por aqui.

Se você não vive em outro planeta, provavelmente tem tomado conhecimento das últimas notícias que têm envolvido a nossa querida PRF.

E se você é um estudante que quer ingressar na PRF, saiba que a carreira policial é isso: pressão o tempo todo.

Provavelmente você ou algum conhecido seu vai passar por situações muito próximas a essa (dadas as devidas proporções) e você precisa entender que o limite entre o certo e o errado, entre o razoável exagerado é muito pequeno.

Essa linha é muito frágil e pode ser rompida a qualquer momento por uma série de motivos.

Quando acontecem situações como a que gerou a morte do cidadão durante a atuação dos PRF´s, muitas coisas devem ser analisadas para tentar entender o que levou ao fatídico desfecho.

Não estou aqui para juiz, advogado ou acusador de ninguém. O meu papel é convidar você a fazer uma pequena reflexão sobre o ocorrido, assim como eu procurei fazer para não ter uma opinião baseada em achismos, emoções ou ainda por influência dos meios de comunicação da nossa imprensa.

Mas voltando à nossa linha de raciocínio. Vamos tentar entender um pouco porque certas ações, não só policiais fogem do nosso controle em situações de estresse.

Controle Emocional:

Quando falamos em controle emocional, entendemos, basicamente, por manter a calma e a capacidade de agir racionalmente em situações de tensão ou estresse.

O fato é que o  controle emocional fala muito alto nessas situações. Se um, ou mais de um, dos integrantes da equipe envolvida perder o controle das suas razões, por um segundo que seja, toda a ocorrência pode ter um desfecho ruim.

Nenhuma das corporações policiais no Brasil tem qualquer tipo de treinamento que seja oferecido de forma aberta a todos os seus integrantes.

LEIA TAMBÉM  Aprenda como estudar para mais de um concurso ao mesmo tempo

Em casos pontuais, como em grupos ou unidades mais especializadas, é possível que tenhamos essa abordagem sobre a importância do controle emocional e como agir nessas situações.

A PRF, por exemplo, possui um projeto embrionário de apoio psicológico e tem inserido em seus treinamentos de rotina essa abordagem. Mas tudo ainda está no começo e não existe ainda um padrão estabelecido nesse sentido.

Falta de Preparo

A contenção de uma pessoa que possua algum tipo de distúrbio mental ou que esteja agressiva exige algum conhecimento de arte marcial ou habilidades de imobilização.

No caso de situações envolvendo várias pessoas, como nas manifestações, por exemplo, a coisa fica ainda mais complexa. Afinal é necessário conhecimento de gerenciamento de crises na atuação policial e treinamento especializado em controlar e dispersar multidões.

Da mesma forma que ocorre com o aspecto do controle emocional, as Polícias do Brasil não possuem esse treinamento oferecido a todos os seus integrantes e somente ocorrem em unidades especializadas.

O que ocorre na prática é que alguns policiais procuram, por conta própria, praticar alguma arte marcial para minimizar esses problemas e também ter condições de preservar a própria vida em situações de combate corporal.

Medo

Você não leu errado.

Nós, policiais da ativa no Brasil, vivemos na era do medo em várias de nossas esferas de atuação.

Medo de errar e perder o seu emprego, medo de perder a sua liberdade, medo de envergonhar a sua família e o medo de sofrer julgamento social (tudo isso te lembra alguma coisa?).

Em sua essência, o medo nos deixa mais acuados e nós agimos mais por instinto de sobrevivência do que, propriamente, por meio da razão.

O medo faz a gente agir impulsivamente e acaba nos conduzindo a cometer erros ou tomar alguma atitude inadequada para determinada situação.

Os pingos nos “Is”

Entenda que eu não estou fazendo nenhum juízo de valor em relação ao que aconteceu no caso que resultou na morte do rapaz dentro da viatura recentemente.

LEIA TAMBÉM  Passei no concurso! Quais os próximos passos?

Não vou tecer comentários com opiniões pessoais, afinal, não cabe a mim.

O fato é que a PRF vem sendo massacrada nos meios de comunicação nacionais e internacionais.

Estamos em uma época de início de campanha eleitoral aqui no Brasil e ,convenhamos, é complicado desvincular a imagem do Presidente da República à bandeira da segurança Pública. Qualquer notícia que envolva essa “base eleitoral”, causa incômodo.

Isso me causa incômodo pois a PRF é um órgão de estado e não um órgão de governo. E essa noção faz uma diferença brutal na nossa forma de enxergar o cenário atual envolvendo a PRF.

O nosso foco hoje é um convite à reflexão. Nós não temos a intenção de defender nenhum político, mas o fato é que essas situações foram acontecendo e como esse é o maior Blog independente do Brasil sobre a PRF, a gente não pode deixar de trazer a nossa opinião sobre o que vem acontecendo.

A informação é a melhor maneira de você construir o seu ponto de vista. Não se baseie somente no que você vê na imprensa.

Busque sempre ouvir o outro lado.

Posicionamento Oficial da PRF

Agora eu quero que você analise comigo o posicionamento oficial da PRF em relação ao que aconteceu.

Se você não assistiu ao vídeo onde o Diretor de Comunicação Social transmitiu uma mensagem aberta à população, eu vou colocar aqui embaixo pra você assistir.

Internamente, a impressão que nós tivemos é que a cúpula da nossa corporação se posicionou de uma forma muito contundente.

O tom usado na mensagem, ao mesmo tempo que fala em seriedade e celeridade na apuração dos fatos (como deve ser), também demonstra um tom de “condenação prévia”.

Eu prefiro chamar de condenação institucional, uma morte social dos envolvidos, antes mesmo do devido processo legal, onde devem ser garantidos a ampla defesa e o contraditório.

LEIA TAMBÉM  Como Montar Um Cronograma de Estudos Infalível

Eu não estou defendendo nem culpando ninguém, até porque cada um de nós é responsável pelos seus próprios atos e todos somos adultos e capazes de pensar e refletir sobre tudo o que fazemos.

Mas isso é necessário para que, realmente, seja feita a justiça.

Inclusive essa foi a forma abordada pelo presidente Bolsonaro e um vídeo de uma entrevista concedida por ele e que você pode assistir logo após esse parágrafo e tirar as suas próprias conclusões entre as diferenças de posicionamento da PRF e do Presidente da República.

Concluindo a nossa Conversa

Só o que vai explicar de fato o que aconteceu e elucidar todos todos os pormenores dessa situação será o devido ao processo legal aberto na esfera administrativa e criminal, que provavelmente já estão em andamento.

Os policiais envolvidos no fato específico devem ser julgados dentro dos limites da lei, tendo o direito a se defender amplamente.

Se isso ocorre com os maiores ladrões, assassinos, políticos corruptos e traficantes do Brasil, por que os policiais também não devem ter direito a um processo apuratório justo e imparcial.

Aspectos esses que são amplamente defendidos, inclusive, pelas instituições de direitos humanos.

Todo mundo tem direito ao devido processo legal, garantidos a ampla defesa e o contraditório antes de ter o seu nome colocado no rol dos culpados.

Os fatos não devem ser apurados somente com rigor, mas com critérios justos, técnicos e imparciais.

Então hoje a gente vai ficando por aqui.

Espero que você tenha gostado dessa nossa conversar e que, de alguma forma, eu tenha ajudado você a tirar as suas próprias conclusões através de opiniões e fatos não midiáticos.

Deixe seu comentário no campo abaixo me dizendo o que você achou dessa nossa matéria. Me diz a sua opinião, mesmo que seja contrária.

O objetivo aqui é termos um debate em alto nível.

Grande Abraço.

Até a próxima!

Seu sonho 😍 é entrar na PRF🚓 então Acesse agora mesmo o nosso Método de Estudos Exclusivo, Disponível em formato de Livro Digital PDF e aprenda como passar de primeira no concurso da PRF.

  • SEGREDO #1: Táticas de Guerra - Táticas de Guerra. Como Estruturar Estrategicamente Os Seus Estudos e Ficar entre os 10% dos candidatos que vão disputar as vagas.​
  • SEGREDO #2: Estratégia 007 - Como aplicar facilmente a estratégia COMPROVADA que me fez passar no Concurso da PRF - em menos de 30 Minutos...
  • SEGREDO #3:Meu Truque Secreto - Como Conseguir conciliar estudos, trabalho, família, diversão e dar conta de tudo... Começando hoje a sua preparação!

Basta clicar na imagem abaixo.

E aí, gostou desse artigo?

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com os seus amigos nas suas redes sociais.

Até a próxima

Deixe uma resposta