fbpx
PRF-herois-de-carne-e-osso

PRF – Heróis de Carne e Osso

A PRF completará este ano 94 anos.

Durante essas pouco mais de nove décadas a PRF se modernizou, se aperfeiçoou e se humanizou.

A PRF se tornou uma referência de inovação, de integração, de conhecimento, excelência e efetividade no trabalho policial.

A PRF se tornou um indutor de políticas públicas de segurança e cidadania.

Em 2019 a PRF recebeu o prêmio Parceiro Estratégico da World Childhood Foundation, como forma de reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à sociedade brasileira no campo da defesa de crianças e adolescentes, vítimas de exploração sexual. A única ocasião em que o prêmio foi concedido a uma instituição pública.

Em 2009 a PRF recebeu da Secretaria Especial de Direitos Humanos a mais alta condecoração dos direitos humanos no Brasil, concedido a pessoas e entidades que se destacam na defesa, na promoção e no enfrentamento e combate às violações dos direitos humanos.

A PRF, em 2020, promoveu mais de 8.000 ações educativas, voltadas para a conscientização e para a educação no trânsito.

Em 2021 a PRF fiscalizou mais de 9,3 milhões de veículos, o que significa pelo menos 9,3 milhões de pessoas abordadas.

Em 2021 a PRF recuperou mais de 11.000 veículos.

Em 2021 a PRF deteve mais de 41.000 pessoas por cometimento de algum ilícito.

Foram 583.361 Kg de maconha, 40.205 Kg de cocaína, 75 milhões de maços de cigarros, 88.738 munições e mais de 2.200 armas retiradas de circulação.

Foram mais de 9 bilhões de reais em prejuízo estimado ao crime organizado.

Em pesquisa realizada em 2021, 91% da sociedade brasileira aprovou o trabalho da PRF.

A PRF não é, no entanto, uma entidade possuidora de vida própria, dotada de uma inteligência artificial que gere suas ações.

LEIA TAMBÉM  GRR PRF - Conheça a Tropa de Elite da PRF

A PRF é sobretudo humana.

A PRF é feita de gente.

Homens e mulheres que tem seus medos, seus desejos, seus preconceitos, seus valores, seus sonhos.

Gente que tem família. Gente que não tem família, que tem gato, que tem cachorro, que vive só, que divide casa, que mora junto, que tem filhos, que torce para esse ou aquele time, que curte música, cinema, ou teatro.

Gente que gosta de cultivar amigos, que reza, que ora, que medita, que não acredita.

Gente que bebe, que fuma, que gosta de correr, nadar, caminhar, que gosta de ficar em casa.

Gente que adoece, que envelhece.

Gente que morre. Que morre que acidente, de doenças, de confrontos com criminosos, de suicídio (na PRF 10% das mortes de policial está relacionada ao suicídio).

Gente que gosta de meninas, que gosta de meninos, que gosta de ambos.

Gente que ama, que sofre, que vibra, que tem dor de cotovelo, que chora e que ri.

Gente, como todo mundo.

A PRF é feita de gente. De seres humanos. Não de máquinas.

E ser humano erra.

Todos os dias centenas de PRFs tem que tomar decisões cruciais em frações de segundos. Decisões que implicam em continuar empregados ou não. Decisões que implicam em voltar vivos ou não para casa.

Para cada interação que um(a) PRF tem quando está trabalhando exige-se de sua parte a tomada de decisões que podem transformar a sua vida (ou a de alguém) em um inferno.

Decisões que são tomadas não por máquinas, mais por seres humanos.

Não é fácil, principalmente quando se é um ser humano falível. Pois o erro dói. Dói muito.

LEIA TAMBÉM  PRF: Qual a Diferença entre NOE e GRR

E dói muito mais quando as decisões tomadas se demonstram equivocadas e provocam dor e sofrimento em outras pessoas.

Essa dor é sentida por toda a PRF. Por todos(as) os(as) PRFs.

Sente-se a dor por aqueles que cometeram o erro, e sente-se também a dor por aquele(s) que foi (ram) vítima(s) do erro. Uma dor conflitante que será lembrada e lembrada e lembrada, e que a PRF deve transformar em aprendizado para que não volte a acontecer.

É uma dor que machuca, que incomoda, por saber que o erro foi cometido por um colega, um amigo, um parceiro.

Um erro cometido por um ser humano. Por alguém que sangra como todo mundo. Por alguém que segundos antes estava colocando sua vida em risco para a proteção de todos.

Por alguém que muitos acreditam que deveria agir como uma máquina. Sem erros, sem deslizes.

Até as máquinas quebram. Mas ao policial esta possibilidade lhe é negada.

Negam-lhe a valorização e o reconhecimento das suas ações corretas, e negam-lhe a possibilidade do erro.

Exigem-lhe tudo. Não lhe dão nada.

Infelizmente, nada mudará o fato de que o erro aconteceu. Nada mudará o fato de que alguém sofreu em decorrência desse erro. A dor será eterna. Nada mudará isso.

Mas também nada deve mudar com relação ao que representa a PRF para a sociedade brasileira.

A PRF é um patrimônio da sociedade brasileira.

A PRF não é de direita, centro, ou esquerda.

A PRF não é deste ou daquele governo.

A PRF é do Brasil.

Texto extraído da Internet

Seu sonho 😍 é entrar na PRF🚓 então Acesse agora mesmo o nosso Método de Estudos Exclusivo, Disponível em formato de Livro Digital PDF e aprenda como passar de primeira no concurso da PRF.

  • SEGREDO #1: Táticas de Guerra - Táticas de Guerra. Como Estruturar Estrategicamente Os Seus Estudos e Ficar entre os 10% dos candidatos que vão disputar as vagas.​
  • SEGREDO #2: Estratégia 007 - Como aplicar facilmente a estratégia COMPROVADA que me fez passar no Concurso da PRF - em menos de 30 Minutos...
  • SEGREDO #3:Meu Truque Secreto - Como Conseguir conciliar estudos, trabalho, família, diversão e dar conta de tudo... Começando hoje a sua preparação!

Basta clicar na imagem abaixo.

E aí, gostou desse artigo?

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com os seus amigos nas suas redes sociais.

Até a próxima

Deixe uma resposta